FL PITON-CCS

O prefeito Duarte Noguei­ra Júnior (PSDB) e o superin­tendente do Departamento de Água e Esgotos de Ribeirão Preto (Daerp), Afonso Reis Du­arte, lançaram na manhã des­ta quinta-feira, 7 de fevereiro, em solenidade no Palácio Rio Branco, a nova conta da autar­quia. A partir de agora, a fatura será identificada com o nome do proprietário e do usuário do imóvel, caso este seja alugado. A identificação dos 194,4 mil consumidores será gradual. O primeiro lote, um piloto do que será a modificação, será entre­gue entre esta sexta-feira (8) e sábado (9) para 34 mil clientes.

Esta é uma reivindicação an­tiga da população e a impressão do nome somente foi possível com a implantação do Sistema Integrado de Gestão de Serviço de Saneamento (GSAN), pelo Daerp, em parceria com a Com­panhia de Desenvolvimento Econômico (Coderp) e a em­presa Consenso. A nova conta, que traz novo layout, tem, além do nome, o Cadastro de Pessoa Física (CPF) do usuário e o nú­mero da matrícula, que substitui o antigo código de identificação.

Durante o lançamento da nova conta, Afonso Reis Duar­te explicou que a impressão do nome e do documento do usu­ário na conta é extremamente importante porque vai permitir que a autarquia passe a conhecer seu cliente para cobrar a fatura de quem realmente consome. Para o superintendente, a medi­da é fundamental para melhorar a cobrança e diminuir a inadim­plência, que está em torno de 19,5%. “Nós queremos reduzir esta inadimplência para a mé­dia brasileira no setor, em torno de 6%. É absurdo uma empresa possuir em torno de 20% de ina­dimplência”, destacou.

O superintendente fez tam­bém balanço dos dois anos de gestão à frente do Daerp, mostrando os investimentos feitos em novas redes, equipa­mentos e veículos. Ele destacou a importância do projeto de setorização desenvolvido pelos técnicos da autarquia, com o objetivo de modificar o abas­tecimento na cidade e reduzir as perdas dos atuais 59,2% para 30% até 2021, e que vão exigir investimentos da ordem de R$ 100 milhões. Estes recursos fo­ram solicitados junto ao gover­no federal e estão em análise na Caixa Econômica Federal.

Ao final lembrou que a par­tir do dia 12 de fevereiro entrará em operação o novo call center da autarquia, através do telefo­ne 115 e que deverá melhorar o atendimento ao usuário. “Por contrato, os usuários terão de ser atendidos em um prazo máximo de 45 segundos”, des­tacou. O vereador Eliseu Rocha (PP) participou da solenidade representando a presidência da Câmara. Ele é um dos incenti­vadores da medida e salientou a importância do registro do nome na conta e do convênio que está sendo discutido entre o Daerp e o Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Cre­ci-RP) para que as imobiliárias já cadastrem direto no sistema o nome dos inquilinos e a conta saia no nome do consumidor.

Nova conta
Durante a solenidade, o pre­feito Duarte Nogueira recebeu da leiturista Joana Batista de Castro a primeira conta com o nome do usuário. Foi a con­ta do seu escritório no Jardim Sumaré. O tucano destaca a importância desta medida. “A simplicidade da conta e a ca­racterística de postar os dados básicos, como o nome e o CPF, parece uma coisa simples, mas teve o empenho de muita gente para que isto acontecesse”, afir­mou. Nogueira salientou ainda isto só foi possível agora porque o software utilizado pela autar­quia até o início de janeiro deste ano era da década de 1980.

“Passaram-se 40 anos e as modernizações não foram feitas. Nós temos que ter orgulho em dizer que o Daerp saiu das pági­nas policiais para se tornar uma das mais importantes empresas de saneamento básico do Brasil”, finaliza. Neste primeiro mo­mento serão distribuídas cerca de 34 mil contas já com o nome do proprietário do imóvel.

Os nomes foram retirados do cadastro do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) for­necido pela prefeitura. A conta também passará a vir aberta. Nesta sexta-feira, receberão o novo boleto os moradores de dez bairros de três regiões da ci­dade: do Centro e da Vila Seixas, na Central; do Jardim Sumaré, Jardim Irajá, Jardim Botânico, Jardim Canadá e City Ribeirão, na Zona Sul; e do Jardim Paulis­ta, Castelo Branco e Jardim Igua­temi, ma Zona Leste.

Comentários