Molição e Santos/ rede social

Na segunda fase da Operação Spoofing dois investigados foram presos

 

Mora em Sertãozinho o 6° elemento suspeito de participar da quadrilha que hackeou o celular do ministro da Justiça, Sérgio Moro, e outros integrantes do judiciário e políticos brasileiros.

Luiz Henrique Molição, 19, é estudante de direito e conheceu Walter Delgatti Neto, o “Vermelho”, preso na primeira fase da Operação Spoofing, na faculdade onde faziam o mesmo curso.

Policiais federais prenderam Molição na casa dele, no bairro Primeiro de Maio.

Foram apreendidos documentos e computadores. O investigado foi detido em cumprimento de mandado de prisão temporária, autorizada pelo juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal do DF.

A Polícia Federal prendeu também nesta quinta-feira (19) o programador de computadores, Thiago Eliezer Martins dos Santos, 30,  em Brasília.

Nesta segunda fase da Operação Spoofing foram cumpridos 4 Mandados de Busca e Apreensão nas cidades de Sertãozinho, São Paulo e 2 em Brasília.

Comentários