Foto: Guilherme Sircili

Segundo balanço divulga­do pelo “Vacinômetro”, fer­ramenta digital desenvolvida pela Secretaria de Comunica­ção em parceria com a Com­panhia de Processamento de Dados do Estado de São Pau­lo (Prodesp), até as 19 horas desta sexta-feira, 30 de julho, Ribeirão Preto havia aplicado 543.865 doses de vacina contra a covid-19.

A cidade já imunizou mais da metade da população com ao menos uma aplicação. Segundo o site, Ribeirão Preto recebeu mais 95.009 doses de imuni­zantes no dia 12 de julho, sal­tando de 518.528 para 613.537. De acordo com a ferramenta, 382.461 pessoas já foram imuni­zadas (primeira dose) na cidade.

Estes “ribeirão-pretanos” re­presentam 53,7% da população, estimada em 711.825 pessoas, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Outras 16.108 pessoas recebe­ram a vacina da Janssem, em dose única (2,3% dos morado­res). Ou seja, 398.569 habitan­tes já receberam ao menos uma dose (56%). Além disso, 145.296 receberam a segunda dose (20,4% da população).

São Paulo ultrapassou a União Europeia e os Estados Unidos da América em propor­ção de pessoas vacinadas contra a covid-19. Com 59,03% da po­pulação estadual protegida com ao menos uma dose da vacina, está à frente da UE, que conta com 58,8%, e EUA, com 56,8% de habitantes vacinados. Os da­dos são do “Vacinômetro” e do Our World in Data.

Até as 11h58 desta sexta­-feira (30), o “Vacinômetro” indicava 26.240.847 pessoas protegidas com a primeira dose nos 645 municípios pau­listas. Os números revelam que a adesão da população à campanha em São Paulo é sig­nificativa, pois no momento a imunização geral está liberada para adultos a partir dos 28 anos, enquanto que nos EUA e na Europa a vacinação já aten­de à população adulta mais jovem e também adolescentes.

Além das pessoas já prote­gidas com a primeira dose, São Paulo tem 22,07% da população com esquema vacinal completo. No final da manhã desta sex­ta-feira, a campanha estadual registrava 9.129.282 vacinados com duas doses da Coronavac/ Butantan/Sinovac, AstraZene­ca/Oxford/Fiocruz ou Pfizer/ BioNTech e 1.085.782 que rece­beram a dose única da Janssen/ Johnson&Johnson.

Internações
A ocupação de leitos de terapia intensiva em Ribeirão Preto estava em 67,8% às 19 horas desta sexta-feira, 30 de julho. Segundo a plataforma leitoscovid.org, havia pacientes internados em 177 das 261 va­gas disponibilizadas pelos onze hospitais da cidade e os dois Polos Covid-19.

Destes, 133 estavam com respirador artificial. Soman­do todos os hospitais públi­cos da cidade, a taxa de ocu­pação de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) era de 70,6%, com pacientes internados em 103 dos 146 leitos disponíveis – 98 com respiradores.