Procon cria ‘link’ para queixas da Black Frida

0
30
JF PIMENTA/ARQUIVO

O Procon-SP disponibili­za, desde quarta-feira, 25 de novembro, um espaço em seu site para quem tiver proble­mas durante a Black Friday, que ocorre nesta sexta-feira, 27 de novembro. A reclama­ção registrada no botão “Bla­ck Friday” será enviada ime­diatamente para o fornecedor, que terá até dez dias para dar uma solução ao consumidor.

De acordo com o Procon­-SP, no espaço, que fica aces­sível na página inicial do site, é possível informar problemas específicos do evento, como site intermitente ou conges­tionado, maquiagem de des­conto, mudança de preço ao finalizar a compra, pagamen­to com boleto bancário indis­ponível, desconto ao mudar a compra e pedido cancelado após a finalização da compra.

Além desses, podem ser relatados casos de não entre­ga, demora na entrega e pro­duto/serviço entregue com defeito. “A defesa do consu­midor terá prioridade total. Tome cuidado, siga nossas dicas e denuncie. Estamos atentos e as empresas que tentarem transformar essa data promocional em uma dor de cabeça para o consu­midor serão punidas exem­plarmente”, avisa Fernando Capez, diretor executivo do Procon-SP.

Redes sociais
Nos casos em que o consu­midor não tiver interesse em comprar o produto ou serviço, mas quiser fazer uma denúncia contra a empresa, ele poderá acionar as redes sociais do Pro­con-SP. Os perfis oficiais são: @proconsp (facebook e ins­tagram) e @proconspoficial (twitter). O Procon-SP ressal­ta que é importante que, ao fa­zer denúncias e reclamações, o consumidor indique o en­dereço da loja e apresente os prints das telas demonstrando o que ocorreu de errado com a compra.

Comentários