Rematrícula na rede é prorrogada de novo

0
27
Marcelo Camargo/Agência Brasil

O governo de São Paulo prorrogou, pela segunda vez e até 30 de outubro, o prazo para estudantes da rede esta­dual realizarem a rematrícula para o ano letivo de 2021. A solicitação pode ser feita pelo aplicativo Minha Escola SP, disponível para iOS e Ando­rid ou pela plataforma Secre­taria Escolar Digital (SED) (https://sed.educacao.sp.gov. br/saiba-como-acessar).

Caso não consiga reali­zar a rematrícula online, o responsável ou aluno maior de 18 anos pode comparecer na escola, diretoria de ensi­no ou posto do Poupatempo e efetuá-la presencialmente. O prazo inicial terminaria na sexta-feira (16), mas não houve expediente nas escolas e diretorias de ensino, pois o governo do Estado transferiu para esta data o ponto facul­tativo de 15 de outubro, Dia do Professor.

O prazo foi transferido para esta segunda-feira (19), mas foi novamente prorro­gado. Todos que desejarem terão vaga garantida na rede estadual, porém é obrigatória a manifestação de intenção através da rematrícula. Ela garante que os alunos conti­nuem os estudos na mesma unidade escolar, caso ela te­nha a série ou ano requerido.

No começo do ano, na re­gião, que envolve três das 91 Diretorias Regionais de Ensi­no (DREs) – Ribeirão Preto, Sertãozinho e Jaboticabal –, estavam matriculados 99.432 alunos de 165 escolas da rede estadual, sendo 47 mil em 82 unidades na capital da Região Metropolitana. Nos 645 mu­nicípios paulistas são cerca de 3,5 milhões de estudantes e mais de cinco mil unidades.

Para os alunos que ainda não fazem parte da rede esta­dual, o prazo da matrícula vai até o dia 30. Os pais e interes­sados podem procurar qual­quer escola estadual, a direto­ria de ensino ou os postos do Poupatempo em todo o esta­do de São Paulo. Um total de 66,5% dos alunos já efetivou sua rematrícula.

Os alunos que desejarem também terão a opção em 2021 de cursar o 4º ano do ensino médio para aprofundar os conhecimentos e corrigir possíveis lacunas na apren­dizagem em determinadas disciplinas. A medida visa contribuir com a formação integral dos alunos e apoiá-los no ingresso ao ensino supe­rior, se assim desejarem.

Para isso, os interessados já devem manifestar interes­se em permanecer na rede na estadual e cursar o 4º ano e posteriormente confirmar esta solicitação em dezembro. Ele também deve escolher entre 3 e 13 disciplinas para compor seu currículo. A oferta de va­gas vai variar de acordo com a disponibilidade da escola. Em janeiro serão oferecidas aulas de reforço para os alu­nos que optarem.

No momento da matrí­cula, alunos e responsáveis poderão selecionar oportu­nidades adicionais ofereci­das pela Secretaria Estadual da Educação como os cur­sos idiomas oferecidos pelos Centro de Estudos e Línguas; o modelo de ensino técnico do Novotec desenvolvido em parceria com o Centro Paula Souza; o 4º ano opcional do ensino médio; e a matrícula em escolas de tempo integral.

Comentários