Foto: Agência Brasil/Reprodução

A prefeitura de Ribeirão Preto, por intermédio da Secretaria Munici­pal da Educação, abrirá processo seletivo para contratar, em caráter emergencial, educadores para várias funções de professor do ensino básico (PEB I, II e III) das disciplinas de Arte, Ciências Físicas e Biológicas, História, Geografia, Inglês, Língua Portu­guesa, Matemática e Professor de Atendimento Educacional Especializado (AEE). No entanto, a pasta não divulgou o número de vagas e quantos profes­sores serão contratados em caráter emergencial. As inscrições come­çam em 15 de abril e vão até dia 22. Deverão ser feitas exclusivamente no site da empresa responsável pelo certame (www.publiconsult.com.br), ao custo de R$ 13,10. O processo seletivo terá três etapas: prova objetiva, de caráter elimi­natório e classificatório; prova de redação/dissertação, de caráter eliminatório e classificatório, para os candidatos classificados na prova objetiva; prova de títulos, de caráter classificatório, para os candidatos classificados na prova de redação/dissertação. A prova objetiva deve ser realizada em 19 de maio. Na rede municipal de ensino, o professor emergencial atua em substituição aos professo­res efetivos durante seus afasta­mentos legais, como licença saúde, por exemplo. É importante ressaltar que a contratação de emergências não substitui a contratação de professores efetivos. A remuneração varia de R$ 18,04 a hora-aula (PEBs I e II) e R$ 21,72 a hora-aula (PEB III). A jornada de trabalho será de 42 horas-aula (PEB I), 29 horas-aula (PEB II) e 27 horas-aula (PEB III, todas as disciplinas). Todas as informa­ções relativas ao processo sele­tivo estão disponíveis no Diário Oficial do Município (DOM) desta sexta-feira, 5 de abril de 2019. Segundo levantamento recente da Associação dos Profissionais da Educação (Aproferp), as 109 es­colas da rede municipal de ensino convivem com um déficit de 1,1 mil professores e inspetores. Fal­tam em torno de 600 professores e de 500 inspetores, cargo para o qual a administração não abre concurso há 20 anos, segundo o presidente da entidade, Cristiano Lima Floriano. “Vem num quadro negativo. Isso é comprovado pelo Tribunal de Contas do Estado, que há dois anos vem notificando a prefeitura.” No início deste ano, estavam matri­culados na rede municipal 46.921 estudantes – 22.696 do ensino infantil e 24.225 do fundamental. Dentre as unidades do município, 76 são de educação infantil e 33 de ensino fundamental. São 34 Centros de Educação Infantil (CEIs), 41 Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) e 26 Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs). Também tem três Centros Educa­cionais Municipais de Educação Integral (Cemeis), duas Escolas Municipais de Ensino Fundamental e Ensino Médio (Emefems), um Cen­tro de Educação Especial e Ensino Fundamental (CEEEF), uma Escola Municipal de Ensino Profissional Básico (EMEPB), Educação de Jo­vens e Adultos (EJA, salas espalha­das por várias unidades), além das 20 escolas conveniadas. Professores efetivos – A prefei­tura de Ribeirão Preto também divulgou nesta sexta-feira (5) o resultado dos recursos e a classificação final dos candidatos aprovados no concurso público nº 02/2018 para os cargos efetivos de PEB II e PEB III das disciplinas de Arte, Ciências Físicas e Biológicas, História, Geografia, Inglês, Língua Portuguesa e Matemática. As informações podem ser aces­sadas no link do Diário Oficial do Município (http://www.ribeiraopre­to.sp.gov.br/J015/diario.xhtml) e também no site da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Vunesp), na área do candi­dato (www.vunesp.com.br).

Comentários