RP terá Mutirão do Diabetes no sábado

0
26
DIVULGAÇÃO

Levar orientação sobre Re­tinopatia Diabética (RD) e re­alizar procedimentos médicos especializados gratuitamente é um dos principais objetivos da sétima edição do Mutirão do Olho Diabético e do Diabetes, que acontece neste sábado, 9 de novembro, às dez horas, na Esplanada do Theatro Pedro II, na Rua Álvares Cabral n° 370, no Centro Histórico de Ribei­rão Preto.

A campanha é destinada, principalmente, para pessoas com diagnóstico de diabetes, especialmente as mais caren­tes, com o objetivo de preve­nir as complicações causadas pela doença (cegueira, am­putação, insuficiência re­nal, entre outras). Além da conscientização, serão rea­lizados procedimentos mé­dicos especializados, como avaliação do fundo do olho, exame do pédiabético, ava­liação renal e da pressão arte­rial e cuidados paliativos.

Neste ano, além do diabetes, o mutirão também terá atendi­mentos focados em nefrologia, endocrinologia, vascular e saúde da mulher. Os casos graves que necessitam de laser ou cirurgia serão encaminhados direta­mente para a rede pública de saúde. A Secretaria Municipal de Saúde estará presente no evento fazendo o encaminha­mento e agendamento desses casos diretamente.

“É um serviço gratuito de educação e orientação para o diagnóstico de diabetes e suas possíveis complicações. Esse ano nossa previsão é atender cerca de duas mil pessoas”, afir­ma a coordenadora do evento, doutora Francyne Veiga Reis Cyrino. Ao fim da triagem, todos as pessoas que passarem pelo Mutirão do Olho Diabé­tico e do Diabetes vão receber uma cartilha com orientações sobre retinopatia diabética, cuidados gerais da diabetes e orientações de seguimento.

“As senhas para atendimen­to serão distribuídas das oito às 12 horas. E uma novidade é que teremos outras especialidades como cardiovascular e endócri­no”, conta. Após o atendimento, além da cartilha de orientação, os pacientes receberão um prontuário médico para acom­panhamento. Os casos mais graves e que necessitavam de atendimento continuado fo­ram encaminhados, por agen­damento, para uma Unidade Básica de Saúde (UBS).

A prefeitura de Ribeirão Preto, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, partici­pa do evento. O mutirão faz parte da Campanha Mun­dial da Diabetes, realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Federa­ção Nacional de Associações e Entidades de Diabetes (Fe­nad), e visa atender a popula­ção de forma gratuita. A pre­visão é que sejam atendidas cerca de duas mil pessoas.

Com o oferecimento de atendimento médico especia­lizado e gratuito, o objetivo do Mutirão é orientar, conscientizar e mobilizar a população sobre as principais complicações associa­das ao diabetes, com a intenção de diminuir a mortalidade e melhorar a qualidade de vida dos pacientes diabéticos.

Diabetes é uma doença silen­ciosa e devastadora, que atinge milhões de pessoas. O mutirão foi criado em 2012 e já atendeu mais de três mil pessoas de toda a Região Metropolitana de Ri­beirão Preto. Com a presença de 20 médicos especialistas e, aproximadamente, 50 estudan­tes de medicina e enfermagem, a meta é atender duas mil pessoas este ano para fazer a triagem de retinopatia diabética.

No ano passado, 1.330 pes­soas realizaram testes de glice­mia e pressão e 330 diabéticas passaram pelo circuito com consultas, exames e orientações. Trinta não sabiam ser porta­doras da doença, um número expressivo. Todos os resultados dos exames realizados no mu­tirão serão entregues na hora pelos especialistas. Mais infor­mações sobre o mutirão podem ser obtidas através da página: https://www.facebook.com/mutiraododiabetesrp/.

O senador Jorge Kajuru (Ci­dadania-GO), que estará pre­sente no evento, faz um convite à população. “Eu amo Ribeirão Preto desde os 10 anos de ida­de. Eu estarei presente no mu­tirão e venho fazer um convite para que todos participem deste evento, que é um evento para o bem e do bem”, diz.

“É um evento coordenado de forma voluntária e sem fins lucrativos pela doutora Fran­cyne Veiga Reis Cyrino que é especialista em retina. Eu, por exemplo, tive deslocamento da retina do olho direito e o perdi totalmente devido ao diabetes. É um trabalho que visa atender a população de forma total­mente gratuita e convido todos a aproveitar essa oportunidade de se examinarem para preve­nir as complicações causadas pelo diabetes”.

Comentários