Santa Lydia divulga estoque de oxigênio

0
36
MINISTÉRIO DA SAÚDE

Para garantir que a po­pulação do município re­ceba assistência médica no tratamento de casos de covid-19, o prefeito Duar­te Nogueira (PSDB) deter­minou a apresentação de um relatório de estoque de consumo de oxigênio nas Unidades de Pronto Atendi­mento (UPAs) geridas pela Fundação Santa Lydia.

“A gestão dos insumos necessários para garantir o tratamento dos pacientes é fator primordial para evi­tar quaisquer riscos. Den­tro do consumo médio de oxigênio, os estoques das unidades municipais estão abastecidos”, disse o chefe do Executivo.

UPA Treze de Maio
Na Unidade de Pronto Atendimento Doutor Luis Atílio Losi Viana, a UPA da Treze de Maio, no Jardim Pau­listano, Zona Leste, a autono­mia de armazenamento atual, frente a demanda da média histórica, é de 50 mil metros cúbicos de oxigênio líquido e 34 dias de autonomia, na de­manda média. Já o oxigênio gasoso, a demanda média di­ária é de 6.1 mil metros cúbi­cos, ou seja, o equivalente a 66 dias de autonomia.

UBDS Sérgio Arouca
Na Unidade Básica Distrital de Saúde Doutor Sérgio Arou­ca, a UBDS do Quintino Facci II, na Zona Norte, que deixou de atender casos de urgência e emergência após a inauguração da UPA Nelson Mandela, no Adelino Simioni, a UBDS Nor­te, para uma demanda média de oxigênio líquido de 43 mil me­tros cúbicos há capacidade para 20 dias de autonomia.

UBDS Central
Na UBDS DoutorJoão Bap­tista Quartin, o Pronto-Socorro Central, em que a demanda mé­dia diária de oxigênio líquido é de 20 mil metros cúbicos, há 43 dias de autonomia e 2.5 mil me­tros cúbicos de oxigênio gasoso, garantindo 94 dias de autonomia.

UPA Norte
Na UPA Nelson Mandela, a UPA Norte, em que a mé­dia diária de oxigênio gasoso se encontra em quatro mil metros cúbicos, há 54 dias de autonomia.

UPA Sumarezinho
A UPA Doutor João José Carneiro, a UPA Oeste ou “UPA da Cuiabá”, está abastecida para suprir 42 dias de autonomia de oxigênio gasoso.

Hospital Santa Lydia
Por fim, no Hospital Santa Lydia em que a demanda mé­dia diária por oxigênio líquido é de 428 mil metros cúbicos, a autonomia é de 12 dias en­quanto de oxigênio gasoso, em que a demanda diária é de 1.370 mil metros cúbicos, há 118 dias de autonomia.