Santos não paga parcela referente à compra de Cueva a clube russo

0
17
IVAN STORTI/SANTOS FC

O Santos não efetuou o paga­mento ao Krasnodar, da Rússia, da primeira parcela referente à compra do meio-campista Cue­va. O jogador entrou em atrito com a diretoria do Peixe no co­meço do ano e deixou o clube de maneira conturbada rumo ao Pachuca, do México.

Matheus Rodrigues, mem­bro do Comitê de Gestão do Pei­xe, alega que o clube “trabalha em conjunto” com o clube russo, que teria aceitado que o Santos entrasse na Justiça cobrando uma indenização do Pachuca por ter fechado com o peruano.

O acordo do Santos pela compra de Cueva envolve três parcelas anuais (2020, 2021 e 2022) de um total de 7 milhões de dólares (pouco mais de R$ 36 milhões, na cotação atual).

“Todo mundo sabia que a parcela venceria hoje. Não paga­mos porque estamos trabalhan­do em conjunto com o Krasno­dar… Eles aceitaram que a gente entrasse na Justiça. É um tra­balho em quatro mãos, até seis, com o jurídico dos dois clubes. Estamos aguardando resposta da Fifa para que a gente seja in­denizado. Não pagamos nada”, disse Matheus Rodrigues, em entrevista à Rádio Ômega.