Seleção de handebol tem 5 casos de covid-19 na delegação às vésperas do Mundial

0
13
JONNE RORIZ/COB

Às vésperas do início do Mundial, a seleção brasileira masculina de handebol en­frenta um grave problema. Cinco membros da delegação, sendo um atleta que não teve a sua identidade revelada, testa­ram positivo para o coronaví­rus em Portugal, onde a equipe se prepara para a competição, agendada para o Egito.

A seleção utiliza a estrutura preparada pelo Comitê Olím­pico do Brasil (COB) em Rio Maior desde 27 de dezembro. Os casos de coronavírus foram descoberto em exames PCR re­alizados na última quarta-feira, de acordo com nota divulgada pela Confederação Brasileira de Handebol.

A entidade também expli­cou que os infectados – quatro deles são membros da comis­são técnica – estão isolados da delegação. Eles cumprem os protocolos definidos pelas autoridades portuguesas, per­manecendo isolados por 14 dias, antes da realização dos testes necessários para o re­torno ao Brasil.

Devido aos casos positi­vos, o restante da delegação da equipe nacional de handebol fará novos exames antes da via­gem ao Egito, na quarta-feira. Inicialmente, o embarque esta­va previsto para a última sexta.

O Brasil vai estrear no Mun­dial em 15 de janeiro, diante da Espanha. Tunísia e Polônia serão os outros adversários da seleção no Grupo B.

Comentários