Série havia previsto cédula de R$ 200

0
20

A série “Os Simpsons” tem talento para prever o futuro. A animação adivinhou a nova cédula de R$ 200, aprovada pelo Conselho Monetário Na­cional e anunciada pelo Banco Central na quarta-feira, 29 de julho. A cena é exibida durante o 16º episódio da 25ª tempora­da, que foi ao ar em 2014.

Em “You don’t have to live like a referee” (“Você não pre­cisa viver como um árbitro”), o personagem Homer se tor­na árbitro da Copa do Mundo e passa por testes de suborno no Brasil. Em um deles, ofere­cem ao pai da família Simpson uma pasta cheia de notas de R$ 200, mas ele se recusa a pe­gar a grana.

Nesse mesmo episódio, a série norte-americana mostra a derrota do Brasil para a Ale­manha, por causa da lesão de um grande jogador. Seria mais uma previsão (Neymar)? A nova cédula terá como perso­nagem o lobo-guará, espécie que ficou em terceiro lugar em uma pesquisa realizada pelo BC sobre quais animais em extinção deveriam ser repre­sentadas em novas cédulas.

A previsão é de que a nota entre em circulação a partir do fim de agosto. A tiragem em 2020 será de 450 milhões de unidades, equivalentes a R$ 90 bilhões. A série “Os Simpsons” celebra 30 anos em 2020 fa­zendo graça com convenções da família e da sociedade.

Festival
O Fox Channel exibe nesta sexta-feira (31), às 19 horas, o Festival Simpsons. No especial serão apresentados os episó­dios que tiveram participações de nomes como Britney Spe­ars, Paul McCartney, Mick Ja­gger, Johnny Cash, Cyndi Lau­per, Ludacris, além das bandas U2, Aerosmith, N’ Sync, Smashing Pumpkins, Sonic Youth, The Who e R.E.M.

Além de se divertir vendo as várias histórias da família de Homer Simpson, o públi­co poderá colaborar com uma ação solidária de arrecadação de doações para a campanha Mães da Favela, que é ideali­zada pela Central Única das Favelas (Cufa), que receberá os donativos em sua página oficial (maesdafavela.com.br).