Sesi devolve três ‘escolas’ para RP

0
509
ALEXANDRE DE AZEVEDO/CCS

Na tarde desta segunda-fei­ra, 21 de outubro, a prefeitura de Ribeirão Preto formalizou a devolução de três prédios cedi­dos em 1967 pelo então prefeito Antônio Duarte Nogueira, pai do atual chefe do Executivo, o prefeito Duarte Nogueira Júnior (PSDB), que assinou o termo de devolução e recebeu as chaves das unidades da Vila Tibério (Zona Oeste), Vila Virgínia (Zona Sul) e Ipiranga (Zona Norte).

A devolução ocorreu no ga­binete de Nogueira no Palácio Rio Branco. Ele estava acompa­nhado do secretário municipal da Educação, Felipe Elias Mi­guel, do diretor do Serviço So­cial da Indústria, Álvaro Alves Filho, e do gerente administra­tivo do Sesi em Ribeirão Preto, Adriano Parras.

“Essas unidades serão refor­madas e adaptadas para atender 1.156 crianças de zero a cinco anos na educação infantil, se­guindo o plano de expansão da secretaria em criar 6.447 vagas entre ensino infantil e fundamen­tal I e II até o final de 2020”, afirma o prefeito Duarte Nogueira.

As obras incluem serviços de readequação da parte elétrica e hidráulica, assim como adaptação às novas regras de acessibilidade e as reformas necessárias para obter o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB). Além disso, os telhados serão revistos e uma nova caixa d’água será criada. O prazo de execução de cada uni­dade é de cinco meses.

“Prevemos um investimen­to em torno de R$ 3 milhões nessas reformas. O prédio da Vila Virgínia já foi licitado, o da Vila Tibério está em pro­cesso de licitação e do Ipiranga está em fase de orçamento de projeto”, acrescenta o secretá­rio Felipe Elias Miguel.

Novas escolas
Atualmente, Ribeirão Preto conta com 47 mil alunos ma­triculados na rede municipal, distribuídos entre educação infantil, ensino fundamental, educação especial, educação profissional básica e educação de jovens e adultos.

De acordo com o secretário, o plano de expansão prevê 6.447 novas vagas entre educação in­fantil e ensino fundamental I e II até o final de 2020. Para isso, a pasta já deu andamento aos pro­jetos de 17 novas unidades esco­lares. Dentre as escolas do muni­cípio, 76 são de educação infantil e 33 de ensino fundamental. São 34 Centros de Educação Infantil (CEIs) e 41 Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis).

Também conta com 26 Escolas Municipais de Ensi­no Fundamental (Emefs), três Centros Educacionais Munici­pais de Educação Integral (Ce­meis), duas Escolas Municipais de Ensino Fundamental e En­sino Médio (Emefems), um Centro de Educação Especial e Ensino Fundamental (CE­EEF), uma Escola Municipal de Ensino Profissional Básico (EMEPB), Educação de Jovens e Adultos (EJA, salas espalha­das por várias unidades), além de 20 escolas conveniadas.

Comentários