Sessão pipoca – Anna Maria Chiavenato

0
16

NOSSAS NOITES
Como tudo continua na mesma com referência a atual situa­ção que estamos passando com esta pandemia, só nos res­ta continuar procurando diversão nos canais da TV paga ou aberta. E, em um desses canais que se tornou bem popular, estreia esta produção dirigida pelo indiano Ritesh Batra, reu­nindo dois ícones do cinema: Jane Fonda e Robert Redfort. A história é baseada no romance Our Souls At Night de Kent Haruf. Ela com 82 e ele com 83 anos, ainda demonstrando que estão em plena forma física e profissionalmente, contra­cenando juntos pela quarta vez. Desta vez, nas telas, é ele que recebe uma proposta indecente. Addie Moore (Jane Fonda) e Louis Walters (Robert Redfort) são vizinhos, ambos viúvos, mas sem maiores contatos. Addie, uma mulher solitária, deci­de que deve dar um basta nesta situação e numa noite vai até a casa do vizinho e o convida para dormir em sua casa. A pro­posta teria como justificativa acabar com a insônia. Surpreso com a audácia da vizinha, ele fica sem reação. Mas, quando entram em acordo e dão andamento com este projeto, pou­co a pouco vai nascendo uma relação de terna cumplicidade entre os dois. Ela, um tanto mais solta e ele preocupado com o falatório dos vizinhos tentando vencer seu jeito reservado, enquanto o relacionamento vai florescendo entre as conver­sas sobre o passado, erros e acertos. Apesar de não ser um filme daqueles considerados inesquecíveis, tem a presenças desses dois grandes atores octogenários, estrelas de grandes filmes e vencedores do Oscar. No elenco também a presença de Bruce Dern, outro bom ator veterano. Os filhos dos prota­gonistas são interpretados por Matthias Schoenaerts e Judy Greer. Uma história sobre idoso e como levar uma situação românica, conciliando a relação com filhos e netos. Um filme para quem gosta do gênero mais calmo.

Comentários