Sessão pipoca – Anna Maria Chiavenato

0
16

CARCEREIROS
Baseado na obra de Drauzio Varella e após duas tempo­radas em série de sucesso na TV, Carcereiros chega aos cinemas com um roteiro sem grandes novidades. Adriano (Rodrigo Lombardi), é um historiador graduado que, assim como seu pai, decide ser carcereiro. Honesto e contrário a qualquer tipo de violência, mesmo passando por sérios problemas familiares, tenta manter a ordem no presídio. Mas, tudo se complica com a chegada de Abdel (Kaisar Da­dour), um perigoso terrorista internacional que vai passar a noite no presídio. Com a chegada do terrorista a tensão aumenta na prisão. Agora, além de vigiar os passos de Ab­del, Adriano vai enfrentar uma rebelião quando duas fac­ções criminosas que ficam separadas dentro do presídio entram em conflito. A situação fica ainda pior quando os bandidos decidem matar Abdel e um grupo armado invade o local em busca de uma pessoa. Esses acontecimentos dão início a muita ação e isto é o ponto alto da trama con­seguindo prender a atenção do espectador. A direção é de José Eduardo Belmonte que, neste quesito, fez um ótimo trabalho. O roteiro às vezes se perde e chega a ser um tan­to fora da realidade, mas ganha nas cenas eletrizantes de ação e violência, fatos comuns dentro da prisão. E é isto que consegue manter o desenrolar da história e é este de­talhe que faz a diferença do filme com a série da televi­são. Grande parte do elenco da série está presente no filme onde o grande destaque continua com Rodrigo Lombardi. No elenco, além do novo queridinho global Kaisar Dadour, estão Milton Gonçalves, Toni Tornado, Jackson Antunes, Dan Stulbach e Bianca Muller. Estreando em um canais da TV por assinatura.

Comentários