Sessão presencial tem apenas 15 vereadores

0
43
ALFREDO RISK

Apenas 15 vereadores par­ticiparam da primeira ses­são presencial da Câmara de Ribeirão Preto desde 24 de março, quando as reuniões no plenário Orlando Vitalia­no foram suspensas por cau­sa da pandemia do novo co­ronavírus. Nesta terça-feira, 2 de junho, onze parlamentares optaram pela votação online.

Não compareceram ao Palá­cio Antônio Machado Sant’An­na os vereadores Waldyr Ville­la (MDB), Fabiano Guimarães (DEM), Paulinho Pereira (PSDB), Isaac Antunes (PL), Jorge Parada (PT), Maurício Gasparini (PSDB), Paulo Mo­das (PSL), Luis Antônio Fran­ça (PSB), Elizeu Rocha (PP), Nelson Stefanelli, o “Nelson das Placas” (PDT) e Marinho Sampaio (MDB).

Bertinho Scandiuzi (PSDB) está afastado por dez dias devi­do a uma licença médica, por isso não participou da sessão. A assessoria do parlamentar afirmou que ele teve uma ele­vação da pressão arterial, mas está bem. Apesar do retorno presencial, os vereadores que fazem parte do grupo de ris­co – idosos ou com alguma comorbidade – poderão parti­cipar, caso desejem, via online.

Na sessão desta terça-fei­ra, nem todos que participa­ram remotamente da sessão estão no grupo de risco. A Câmara de Ribeirão Preto tem 27 vereadores, e quase 30% têm mais de 60 anos de idade – oito são sexagenários ou septuagenários.

Quatro são sexagenários: Elizeu Rocha (Progressistas), com 60 anos; Luis Antônio França (PSB), também com 60; Maurício Vila Abranches (PSDB), com 61 e Marinho Sampaio (MDB), também com 61 anos. Outros quatro são septuagenários: Bertinho Scandiuzzi (PSDB), com 77 anos; Jorge Parada (PT), com 70; Nelson Stefanelli, o “Nel­son das Placas” (PDT), com 79 e Waldyr Villela (MDB), com 83 anos.

Estiveram ontem no ple­nário o presidente do Legis­lativo, Lincoln Fernandes (PDT), Orlando Pesoti (PDT), Luciano Mega (PDT), Jean Corauci (PSB), Igor Oliveira (MDB), Alessandro Maraca (MDB), Adauto Honorato, o “Marmita” (Pros), André Trindade (DEM), Gláucia Be­renice (DEM), João Batista (PP), Renato Zucoloto (PP), Marcos Papa (Cidadania), Marco Antônio Di Bonifácio, o “Boni” (Podemos), Rodri­go Simões (PSDB) e Maurício Vila Abranches (PSDB).

Também foi limitada a pre­sença de público na sessão a 20% da capacidade do plenário da Câmara, que conta com 240 assentos. Podem acompanhar os debates de votação de proje­tos, indicações e requerimen­tos apenas 48 pessoas. A lota­ção máxima foi estabelecida a partir do decreto municipal nº 119/20, que trata da pandemia de covid-19.

Todas as sessões são trans­mitidas pela TV Câmara nos canais 31.4 – Digital, 09 – Vivo TV, 05 – NET e também atra­vés das páginas da Câmara Municipal de Ribeirão Preto do Youtube e Facebook. /www. facebook.com/camararibeirao ou www.youtube.com