Shawn Mendes revela que a quarentena ao lado de Camila Cabello inspirou novo álbum

0
32

O forçado isolamento social, devido a pandemia do coronavírus, aproximou ainda mais Shawn Mendes de Camila Cabello. Em entrevista com Zane Lowe para a Apple Music, o cantor de “Wonder” contou que conseguiu tirar algo de bom, apesar do caos e incertezas do velho mundo.

“Eu fui para Miami e estava morando com Camila e seus pais e sua irmã e eu fiquei em pânico durante a primeira semana” revelou o cantor de 22 anos, que não passava tanto tempo em casa, ao lado da família, desde que iniciou a carreira na música.

“Comecei a me acostumar com o quão bom é estar no mesmo lugar todas as noites, para ir ao cinema, fazer o jantar com a família e lavar roupa. Eu sei que parece muito bobo, mas quando você está viajando pelo mundo desde os 15 anos, tipo, não me lembro a última vez que senti o cheiro de roupa suja. É um cheiro bom. É um cheiro muito calmante. Parece que estou crescendo”, avaliou.

No início da pandemia, Shawn se deparou com muitas incertezas quando se tratava sobre turnês e fazer novas músicas. Mas foi aos poucos que o compositor foi entendendo que esse seria o momento de maior reflexão e inspiração para olhar para dentro e produzir um novo disco. “A pandemia que está acontecendo e o isolamento e a quarentena têm sido aterrorizantes e realmente difíceis, mas algo realmente lindo para mim saiu disso”.

Foi desse momento que surgiu a oportunidade para nascer “Wonder”. Com lançamento previsto para 4 de dezembro, este será quarto álbum de estúdio de Shawn e repleto de reflexões honestas. “Essa imobilidade trouxe à tona muita ansiedade que eu tive que trabalhar e, do outro lado, foi um período realmente reflexivo para mim, onde eu poderia estar tipo, ‘Oh, isso é o que tenho feito. Isso é o que eu posso fazer. Isso é arte. Isso é maior do que eu”, explicou o artista.

Em vez de se preocupar com likes ou streams, Shawn foi capaz de transformar sua paz interior em uma nova música poderosa e honesta. “Foi a primeira vez que tive a chance de pensar mais em alguém do que em mim. Foi a primeira vez que tive espaço suficiente em meu coração e minha cabeça que não estava tão consumida por quantas pessoas se importavam com o que eu era fazendo. Foi a primeira vez que fiquei quieto e pude pensar”, refletiu.

Via Portalpopline

Comentários