DIVULGAÇÃO/ARQUIVO SSM

A diretoria executiva do Sindicato dos Servidores Municipais de Ribeirão Pre­to, Guatapará e Pradópolis (SSM-RPGP) aprovou nes­ta terça-feira, 8 de junho, o nome de Valdir Avelino para o cargo de presidente. Na prática, o aval garante que o guarda civil metropolitano assuma o comando da enti­dade em definitivo, no lugar do ex-presidente Laerte Car­los Augusto, que morreu aos 57 anos, vítima de covid-19, em 29 de maio.

Eleito pela categoria como primeiro vice-presidente do Sindicato dos Servidores Mu­nicipais em 2020, na chapa encabeçada por Laerte Car­los Augusto, Valdir Avelino já havia assumido, proviso­riamente, a presidência da entidade com o afastamento do ex-presidente para trata­mento de saúde. Ao ser con­firmado por seus pares, com indicação aprovada por mais de 78% da diretoria executi­va, está estatutariamente le­gitimado para conduzir em definitivo a presidência do Sindicato até o final do man­dado da atual direção (2024).

“Minha preocupação, quan­do ingressei ainda como as­sociado do sindicato, era a de lutar por um projeto de reto­mada do crescimento com a valorização do serviço e dos servidores públicos. Essa minha preocupação perma­nece viva, não mais como uma preocupação individu­al e sim como um compro­misso coletivo. Acreditar que o serviço público mere­ce e precisa ser valorizado e, ao mesmo tempo, a certeza de que este avanço depen­de do esforço coletivo me trouxe até o sindicato e hoje é a base da minha atuação à frente da entidade”, afirma o novo presidente.

O novo presidente tem 51 anos e é guarda civil metro­politano. Avelino é graduado em Gestão Pública, pai de três filhos e avô de uma me­nina. Atualmente, também faz parte da diretoria da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – São Paulo (CTB-SP) e re­força as lutas da classe tra­balhadora não só em âmbito local, mas também estadual e federal.