Ausente da E3 2019, a Sony está falando aos poucos sobre o sucessor do PlayStation 4. E agora a fabricante japonesa divulgou diversos detalhes sobre o console. Dentre as novidades, está a mudança no sistema de armazenamento, que virá com um SSD; gráficos 4K com uma taxa de 120Hz; e a possibilidade de transferir os arquivos de jogos salvos de gerações anteriores para que o jogador possa continuar jogando de onde parou.

As novidades foram divulgadas pelo site CNET, que conversou com o CEO da Sony, Jim Ryan. Ryan também disse que a Sony planeja aprimorar o serviço de streaming Playstation Now ainda este ano. Embora ele não tenha explicado o que isso significa exatamente, a Sony acabou de assinar um acordo com a Microsoft para trabalhar em uma tecnologia de streaming de jogos. Aparentemente, isso aconteceu para ajudar as fabricantes a competir com o Google Stadia, serviço de streaming de jogos do Google.

Alguns desses recursos são projetados para facilitar a transição entre as gerações de console. Não está claro exatamente como você será capaz de continuar jogando um jogo de um console anterior, mas Ryan sugere que pode ser porque você está transmitindo o jogo no PlayStation Now ou porque o PS5 é retrocompatível com jogos de PlayStation 4.

O PlayStation 5, da Sony, deve chegar no próximo ano. A empresa ainda não fez nenhum anúncio formal sobre o console, mas revelou diversas informações e especificações em entrevistas que executivos fizeram nesse período que antecede a E3. Até agora, sabemos que o PS5 suportará gráficos 8K e terá um processador de oito núcleos baseado nos chips Ryzen da AMD. Além disso, ele terá tecnologia Ray tracing para efeitos de luz e sombra mais realistas, e um chip para melhoria de áudio.

Via: The Verge

Comentários