Governador Márcio França - Foto Divulgação

A 25ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação (Agrishow 2018), que come­çou nesta segunda-feira, 30 de abril, e vai até sexta-feira, 4 de maio, atraiu a atenção de muitos políticos, principalmente porque em outubro tem eleição para presidente da República, governador, senadores, deputa­do federal e deputado estadual. Para a solenidade de abertura, nesta segunda-feira (30), na Arena do Conhecimento (ao lado da Praça Central), foram confirmadas as presenças do governador Marcio França (PSB), do minis­tro da Fazenda, Eduardo Guar­dia, do prefeito Duarte Nogueira Júnior (PSDB) e do secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Francisco Sergio Ferreira Jardim. O presidente Michel Temer (MDB) havia confirmado presença, mas desistiu na tarde de ontem.

Também confirmaram a participação vários sena­dores, deputados federais e estaduais, prefeitos de outros municípios e vereadores, além de diversas lideranças setoriais com atividades relacionados ao agronegócio. Os tucanos Ge­raldo Alckmin, João Dória, o ex­-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB) e o também presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) confirmaram presença. O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, não confirmou presença.

Coleção de tratores – A or­ganização da Agrishow preparou um espaço especial para os aman­tes de tratores do Brasil. O Memó­rias do Campo irá apresentar, de 30 de abril a 4 de maio, na Praça Central, quatro relíquias da coleção particular de Antonio Tittoto, de 1954, 1956, 1957 e 1982, norte­-americanos, italiano e brasileiro; movidos à diesel, etanol e gasolina.

Os visitantes da principal feira de tecnologia para o agronegócio na América Latina poderão con­ferir um modelo “8 N”, com tração 4×2, 25 cavalos, motor em linha quatro cilindros, movido à gasolina e fabricado em 1956 pela Ford nos Estados Unidos. Também estará no Memórias do Campo, o modelo “L25” da italiana Landini, com mo­tor horizontal de 1 cilindro, potên­cia de 25 cavalos, tração 4×2, mo­vido a diesel e produzido em 1957.

Outro integrante da galeria que estará em exposição é trator CBT 3.000, com motor de V8, movido a etanol, produzido pela CBT Brasil (Companhia Brasileira de Tratores), em 1982. Ele é o equipamento com mais potência da coleção par­ticipar (110 cavalos). O último tra­tor é um modelo “R”, fabricado em 1954 pela John Deere, com motor horizontal de dois cilindros, potên­cia de aproximadamente 70 cava­los, movido a diesel.

A 25ª Agrishow terá ainda ou­tras atrações, como a Arena de De­monstrações de Campo, com cura­doria da Coopercitrus, e a Arena de Conhecimento, palco de informa­ções atualizadas e conteúdo re­levante sobre os principais temas que norteiam o agronegócio.