rede social

Costureira foi baleada 6 vezes quando entrava em sua residência; o suspeito, um ajudante de pedreiro, foi preso após disparar contra policiais militares

 

Segundo os policiais militares acionados para atendimento na ocorrência, a costureira Edislene Jesus do Nascimento dos Santos, 27, entrava em sua casa na noite desta terça-feira (8), quando levou seis tiros no queixo, ombro, barriga e braço. Ela está internada em estado gravíssimo na Santa Casa de Ituverava.

O suspeito de cometer o crime, o ajudante de  pedreiro Lucas Mendes da Cunha,18, foi baleado por policiais militares após ameaçar atirar enquanto tentava fugir do local. Ele passou por cirurgia e já teve alta do hospital. Nesta quinta-feira (10), ele será levado para o CDP (Centro de Detenção Provisória) de Franca.

A Polícia Civil de Ituverava investiga se o indiciado atirou a mando de outra pessoa.

Comentários