TÚNEL DO TEMPO

0
96
CELINHA PESSINI

Quem viveu em Ribeirão Preto na década de 70 viu Negrão Azevedo desfilar com seu “avião”. Não ia pelos céus, mas pelas ruas da cidade, um chamariz político que garantiu muitos dos votos que elegeram Negrão em 1977, como o terceiro vereador negro da Câmara de Ribeirão Preto. A outra parte dos eleitores se deixou conquistar pela praia em pleno centro urbano que Negrão prome­teu construir e pelas rosas que ele distribuía, sempre com o mesmo bordão: “Ofereço a você, padrinho e madrinha, esta rosa”.
Daniela Penha