Um pouco mais sobre Jarinu

0
29
FOTOS: PAULO LI/EXPRESSÃO STUDIO

Para quem quiser momen­tos próximos à natureza quan­do a pandemia do coronaví­rus terminar, Jarinu, distante 275km de Ribeirão, cerca de 3h15 de carro, é uma opção.

A cidade integra dois cir­cuitos paulistas de turismo: o das Frutas e o entre Serras e Represas. O Circuito das Fru­tas é o mais famoso e conta, além de Jarinu, com Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jundiaí, Louveira, Morun­gaba, Valinhos e Vinhedo, cidades próximas à Campi­nas que se destacam pela re­alização de festas típicas que levam nomes de frutas, como uva, morango, pêssego, goia­ba, ameixa, caqui, acerola e figo. Em Jarinu é realizada, em conjunto com Atibaia, a Festa do Morango.

Jarinu também é conhe­cida pela produção de cogu­melos. Além disso, na cidade o turista encontra parques, restaurantes e hotéis que oferecem paz e muita tran­quilidade. No roteiro ainda há vinícolas e adegas, que oferecem produtos de quali­dade ímpar.

HOTEL PARADIES
A exuberante construção lembra o clima da Europa. As áreas de descanso e lazer contam com a companhia de pássaros e esqui­los. As suítes têm requintada decoração com temática europeia.

VINÍCULA SANTA BRUNA
Com mais de 20 anos de história, tem estrutura para receber visitantes e eventos. No restaurante há jantar especial todas as sextas-feiras. As visitas e os jantares somente mediante agendamento.

PRODUÇÃO DE COGUMELO
Um dos locais mais conhecidos é o Cogumelo Mazzei. O local permite ao visitante conhecer o cultivo de cogumelos em estufa, incluindo espécies raras no Brasil. Em seguida poderá comprá-los diretamente do agricultor. Além dos cogumelos, o local oferece outros produtos regionais como vinhos, cachaças, alimentos e muitas variedades.

IGREJA NOSSA DO CARMO
A igreja é considerada uma das mais belas da região. Fica localizada em meio a uma grande praça arborizada com muitos bancos, além do lindo e tradicional coreto.