29 C
Ribeirão Preto
7 de julho de 2022 | 14:05
Jornal Tribuna Ribeirão
DIVULGAÇÃO

Uma noite nostálgica com The Beetles One

Considerada pelo Cavern Club Liverpool como o melhor cover dos Beatles de 2012, a banda The Beetles One tem mais de 15 anos de estrada e já manteve residência na Inglaterra. Formado por duas du­plas de primos de São Carlos – os ir­mãos Cléber Harrison Tiossi (John Lennon, guitarra) e Wesley Tiossi (Ringo Starr, bateria) e Renato Tios­si (Paul McCartney, baixo) e Carlos Tiossi (George Harrison, guitarra) –, o grupo já fez mais de 250 apre­sentações pelo Reino Unido e foi o único a tocar dentro da primeira casa de Paul McCartney, onde hoje existe um museu aberto à visitação.

A banda desembarca em Ri­beirão Preto neste sábado, 21 de maio, às 20 horas, para apresentar o show homônimo no Theatro Pedro II. Em 2017, o grupo este­ve na cidade com “Os garotos de Liverpool”, em comemoração aos 50 anos do lançamento do álbum “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band”, o oitavo de estúdio da banda britânica, lançado em 26 de maio de 1967 e, para muitos críticos o melhor disco de todos os tempos.

O show é um espetáculo que combina música, teatro e cinema, pas­sando pelas principais fases da obra dos Beatles de maneira cronológica. O espetáculo conta com cinco figurinos, além de músicas inéditas nas apresen­tações da banda. Os músicos passam por todas as fases do lendário grupo britânico, do iê-iê-iê ao psicodélico.

Os detalhes impressionam. As imagens ao fundo criam a sensação de estar assistindo a um show dos Beatles ao vivo. Com os mesmos instrumentos, trejeitos de palco e ainda um canhoto, a performance da banda é uma viagem aos anos 60 através da imaginação. Durante os intervalos para troca de figurinos, são exibidos comerciais engraçados da década de 1960 e também ima­gens dos acontecimentos mais mar­cantes da época – como a chegada do homem à lua, em 1969, trazendo contexto histórico para o espetáculo.

Se tocar no Cavern Club em Li­verpool é um sonho para qualquer Beatlemaníaco, imagine fazer 250 shows pela Inglaterra, vivenciar a cultura do país, e fazer parte da cena musical britânica? Com três anos de residência em Birmingham, a banda se apresentou em diversos festivais e casas noturnas, incluindo três partici­pações na “International Beatle Week”, o maior festival de Beatles do mundo.

Em 2012, foram considerados pelo Cavern Club Liverpool como o destaque do ano, entre outros 66 grupos de 24 países. Com o lan­çamento do novo documentário “Get Back”, no canal de streaming Disney Plus, além dos tradicionais terninhos da Beatlemania e toda a psicodelia de “Sgt. Pepper’s”, o grupo recria o show do “Rooftop” (telhado), mesmo figurino, instru­mentação e acompanhamento.

Os ingressos custam R$ 120 (plateia e frisa), R$ 90 (balcão nobre) e R$ 70 (balcão simples). Têm direi­to a 50% de desconto estudantes, coordenadores pedagógicos, super­visores e diretores e professores de escolas públicas da rede municipal e da estadual (mediante apresenta­ção de documento comprobatório como carteirinha da instituição, bo­leto de mensalidade ou holerite).

A meia-entrada vale tam­bém para aposentados (com documento específico), idosos acima de 60 anos (com cédula de identidade, o Registro Geral, RG) e portador de deficiência com acompanhante. Essas pes­soas vão pagar R$ 60, R$ 45 e R$ 35, respectivamente. Os ingressos estão à venda no site Ticketeira e na bilheteria do Theatro Pedro II.

O Theatro Pedro II fica na rua Ál­vares Cabral nº 370, no Quarteirão Paulista, Centro Histórico de Ribei­rão Preto. O local tem capacidade para 1.588 pessoas, mas parte foi in­terditada por segurança. Atualmente conta com 1,3 mil lugares. Porém, por causa da covid-19, vai disponibilizar 70%, cerca de 1.000 poltronas.

Regras
O telefone do Pedro II para mais informações: (16) 3977-8111. O es­petáculo não é recomendado para menores de 12 anos, que podem par­ticipar acompanhados dos pais. O uso de máscara é opcional. Para acessar o espaço será exigido o com­provante vacinal completo ou teste negativo (PCR 48 horas ou antígeno 24 horas). O comprovante pode ser físico, carteira de vacinação ou digital, pelo aplicativo Conecte SUS.

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
AllEscort