O Santos tem uma última esperança para contar com Lu­cas Zelarayán, do Tigres-MEX, no segundo semestre deste ano. Um grupo de empresários está disposto a emprestar o di­nheiro suficiente para contra­tar o meia. A pedida inicial foi de 8 milhões de dólares (cerca de R$ 29 milhões)

A ideia dos agentes é ter a representação do jogador e lucrar em uma futura ne­gociação com o futebol eu­ropeu. O Peixe é visto como melhor destino, já que Ze­larayán chegaria com status de titular, diferentemente da atual situação no Tigres, onde é reserva e pouco utilizado.

Após reunião em São Pau­lo, os empresários tiveram o aval do presidente José Carlos Peres e conversaram com Zela­rayán nesta semana. De férias na Argentina, o atleta pretende voltar ao México para discutir o futuro com a diretoria do Ti­gres nos próximos dias.

A prioridade do argentino é jogar pelo Santos, porém, ainda há dúvidas sobre dei­xar de trabalhar com o atual empresário – o contrato de representação terminou em abril. Zelarayán foi procura­do por River Plate e Racing, mas prefere o Peixe. Um dos motivos é ser torcedor do Bel­grano e não querer enfrentar seu ex-clube. O Internacional consultou sua situação, sem formalizar o interesse.

O alvinegro quer Lucas Zelarayán desde dezembro. O meia de 25 anos foi indicado por Roberto Crivelli, o Lica, gerente das categorias de base afastado por suspeita de abuso sexual, e é visto como substitu­to ideal para Lucas Lima, hoje no Palmeiras.