Tribuna Ribeirão
Política

Defesa de Lula diz que absolvição é ‘prova de inocência’

Por Fábio Fabrini, Beatriz Bula

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou que o pedido de absolvição é “justo e reflete a prova da inocência” do petista, “coletada especialmente do depoimento de 31 testemunhas”. “Lula jamais praticou qualquer ato com o objetivo de impedir ou modular a delação premiada do ex-diretor da Petrobrás Nestor Cerveró, ao contrário do que constou da denúncia”, disse, em nota, o advogado Cristiano Zanin.

Para ele, a iniciativa do procurador Ivan Cláudio Marx também confirmou que a delação de Delcídio Amaral “é uma farsa. “O próprio Ministério Público Federal, na peça que pede a absolvição, faz referência à ‘grotesca versão de Delcídio’ e afirma que, na verdade, ‘Delcídio estava preocupado apenas com ele mesmo’”, disse.

O advogado de André Esteves, Antônio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, disse que a manifestação do MPF foi “digna”, uma vez que não ficou demonstrada, ao longo da instrução do processo, nenhuma participação de seu cliente no esquema denunciado. Ele disse que aguardará agora a decisão do juiz Vallisney de Souza Oliveira. / F.F. e B.B.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Postagens relacionadas

Equipe de transição tem 22 nomes para economia

Redação 1

No Twitter, Bolsonaro volta a criticar a saída de Cuba do programa Mais Médicos

Redação 1

PTB anuncia apoio a Jair Bolsonaro

Redação 1

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Aceitar Política de Privacidade

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com