Tribuna Ribeirão
Política

Funaro apresenta documento de propina de R$1,5 mi a Temer

Preso desde o ano passado, o corretor Lúcio Funaro apre­sentou documentos à Justiça que, segundo ele, comprovam pagamento de propina de R$ 1,5 milhão ao presidente Mi­chel Temer. Em delação pre­miada, já homologada pelo ministro do STF Edson Fa­chin, Funaro cita outros polí­ticos do PMDB, atribuindo a eles os valores que teriam sido pagos: Henrique Eduardo Al­ves (R$ 4,95 milhões), Sandro Mabel (R$ 2 milhões), Gabriel Chalita (R$ 9,8 milhões), An­tônio Andrade, atual vice-go­vernador de Minas Gerais (R$ 9,8 milhões), Manoel Júnior (R$ 150 mil), Soraya Santos (R$ 1 milhão), Alexandre San­tos (R$ 1 milhão) e Marcelo Castro (R$ 1 milhão). Na re­lação, constam ainda R$ 700 mil para Cândido Vaccarezza. De acordo com Funaro, esses pagamentos foram feitos a pe­dido do ex- presidente da Câ­mara Eduardo Cunha.

Postagens relacionadas

“Manobra” da defesa adia depoimentos das testemunhas de Duda

Redação 7

Câmara convoca secretário da Saúde

Redação 1

‘Não tem a ver com a segurança pública’

Redação 1

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Aceitar Política de Privacidade

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com