Tribuna Ribeirão
Geral

Quadrilha de olho em poços

Em menos de sete dias, o Departamento de Água e Es­goto de Ribeirão Preto (Daerp) teve três poços furtados. Em todos os casos os ladrões es­tavam atrás de equipamentos específicos e caros, como soft­-starter e motores de inversão de bomba. Desde o começo do ano já foram furtados 28 poços e estações elevatórias na cidade, além de outras sete tentativas. A autarquia tem melhorado a se­gurança nestes locais e solicitado à Polícia Militar (PM) e à Guar­da Civil Municipal (GCM) que intensifiquem as rondas. Existe a suspeita de que possa ser uma quadrilha especializada que está furtando os equipamentos.

Em menos de uma sema­na os ladrões roubaram equi­pamentos dos poços do Cân­dido Portinari (Zona Leste), Jamil Cury (Oeste) e, na noite de quinta-feira, 7 de setembro, fe­riado da Independência, no Par­que dos Lagos (Zona Leste). O prejuízo nos três últimos furtos supera os R$ 140 mil. “São equi­pamentos muito específicos e de uso muito restrito para grandes motores. Não é um equipamen­to que possa ser instalado em qualquer lugar. Com certeza é uma quadrilha especializada que está agindo nestes furtos”, explica Laércio Pereira Cardoso, engenheiro eletricista do Daerp.

Segundo o engenheiro, o que mais chama a atenção nes­tes furtos é que os equipamen­tos foram retirados sem ocorrer corte de cabos e danos gerais ao painel. Todos os equipamentos furtados são novos, com menos de um ano de uso, no caso do poço do Cândido Portinari es­tava sendo usado havia um mês. “As pessoas tinham um conheci­mento destes painéis”, diz.

Além destes três poços, o Daerp também teve outros dois onde foram furtados também uma chave soft-starter (chave de partida elétrica da bomba) e motores de inversão de bomba, que servem para regular a po­tência da distribuição da água nas estações elevatórias junto aos reservatórios. Para o supe­rintendente Afonso Reis Duar­te, a suspeita é de que a autar­quia está sendo vítima de uma quadrilha especializada e que possui um bom conhecimento do funcionamento do Daerp.

O superintendente tem rei­terado junto a Polícia Militar e a Guarda Civil Municipal que intensifiquem as rondas em torno dos poços para coibir es­tes furtos. Além disto, o Daerp também está reforçando a se­gurança em todos os poços. “O prejuízo é muito grande para o departamento e principalmen­te para a população que é a maior vítima, por conta da in­terrupção no abastecimento e por que o diminui os recursos para novos investimentos que precisam ser feitos”, salienta o superintendente.

Entre os 28 furtos, a Guarda Civil Municipal conseguiu deter em junho um suspeito de ter furtados fios da Estação Elevató­ria do Quintino Facci II, em ju­nho. É importante que a popu­lação ligue para o Daerp ou para a Polícia Militar caso veja qual­quer pessoa suspeita próxima a poços ou reservatórios do de­partamento. Os funcionários do Daerp fizeram a substitui­ção do painel elétrico furtado por outro e o poço foi religado por voltas das 13 horas.

Postagens relacionadas

PUBLICIDADE: MEU AMBIENTE – Responsabilidade Cidadã Compartilhada

Redação 1

Larga Brasa

Redação 1

Álcool gel será vendido a preço de custo em SP

Redação 1

Utilizamos cookies para melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade. Aceitar Política de Privacidade

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com