Macena marcou um dos gols da vitória do XV (Foto: Adriano Rizzo)

O Comercial foi derrotado pelo XV de Piracicaba com o placar de 3 a 0 na tarde deste sábado, no estádio Barão da Serra Negra, em jogo válido pela terceira rodada da terceira fase da Copa Paulista. Os gols da partida foram anotados por Gilberto Alemão, Simião e Macena. Com o resultado, o Bafo segue na segunda colocação com 4 pontos, mas pode ser ultrapassado. O próximo jogo é no domingo, diante do próprio XV.

O Comercial até tentou impor seu estilo de jogo, mas esbarrou na boa marcação e forte equipe do Nhoquim. Cirúrgico nos contra-ataques, o XV soube explorar bem os erros do Leão do Norte e foi letal quando teve oportunidade.

Agora o Comercial vai precisar mostrar força para se reabilitar dentro do estádio Palma Travassos. A casa comercialina tem sido um trunfo dentro da competição e o torcedor será peça fundamental nestes jogos.

O Jogo

A primeira etapa do jogo foi bastante truncada e de poucas oportunidades para ambos os lados. O Comercial, como já é de costume, teve mais posse de bola e trocou mais passes. O Nhoquim fez valer o fator caso e explorou bem as oportunidades de contra-atacar.

Apesar do bom nível técnico da partida, a primeira chance de perigo, que acabou virando gol, foi de bola parada. Aos 15 minutos, Cássio Gabriel bateu falta na área, a marcação não acompanhou e Gilberto Alemão entrou livre, na pequena área, para testar firme para o fundo do gol e inaugurar o placar no Barão da Serra Negra.

O Leão do Norte seguiu explorando seu ponto forte. Com mais posse de bola, o Bafo subiu as linhas e passou atuar no campo ofensivo com mais força. O XV se fechou e passou a se defender.

A melhor chance de gol do Comercial veio aos 23 minutos. Ademir acertou lindo lançamento para Lucas, que dominou e cruzou na área. Zé Andrade antecipou a marcação, mas não conseguiu completar para o gol, perdendo uma ótima chance de empatar o jogo.

O técnico do Leão do Norte, Roberval Davino, trocou Douglas Netto por Eric Di Maria no intervalo. A tentativa de tornar o Bafo mais ofensivo não funcionou tanto e o XV continuou mais perigoso no jogo.

Aos 16 minutos, Cássio Gabriel bateu da entrada da área, mas o goleiro Iago Hass estava bem posicionado e fez excelente defesa. Tentando melhorar o meio-campo, Davino sacou Vinicius e colocou Cesinha no jogo.

Aos 18 minutos, Ademir achou Zé Andrade no costado da zaga, o atacante dominou, tentou passar pelo goleiro e perdeu boa chance de empatar a partida. Aos 23 minutos Cesinha bateu de fora da área e a bola passou perto da trave.

No momento em que o Bafo era melhor no jogo, o Nhoquim fez o segundo. Cássio Gabriel foi lançado na ponta direita, dominou, levou até o fundo e cruzou na medida para Simião, na pequena área, somente empurrar para o fundo da rede.

Na jogada seguinte, o árbitro viu pênalti em cima de Luizinho. Macena pegou a bola, bateu e converteu, anotando o terceiro dos donos da casa na partida. O Leão do Norte até tentou se reerguer na partida, mas não teve força e o placar seguiu inalterado. Com o resultado, o Bafo segue na segunda colocação do grupo, mas pode ser ultrapassado em caso de vitória do EC São Bernardo. O próximo compromisso do Alvinegro é no domingo, às 10h, diante do próprio XV de Piracicaba.

Comentários