‘Eu era odiada’, diz Carolina Dieckmann sobre personagem em ‘Laços de Família’

0
37
Carolina Dieckmann falou durante participação no Encontro com Fátima Bernardes, sobre sua interpretação de Camila, em Laços de Família. A novela voltou à programação da rede Globo ao ser reprisada no Vale a Pena Ver de Novo.

Fernanda Gentil substituiu Fátima Bernardes no comando da atração matinal e questionou a atriz sobre a relação de sua personagem na novela com o tema traição, que estava sendo debatido no programa ao vivo.

“Eu era odiada, mas eu não lembro exatamente se a Camila começava a namorar o Edu antes de ele terminar com a Helena. O que pegava muito era a Camila se apaixonar e investir no namorado da mãe”, disse Dieckmann.

A artista ressaltou que atuou na trama há 20 anos e, portanto, não tem certeza sobre os detalhes da história. “É o que eu lembro, mas eu não sei, eu posso estar errada. Não sei se teve uma traição. Vamos ver.”

A apresentadora também perguntou se a personagem seria ‘cancelada’ nos dias atuais. A atriz respondeu que “provavelmente” e citou como exemplo da repercussão do papel uma comunidade chamada ‘Eu odeio Camila’ na antiga rede social Orkut “Era super forte, as pessoas falavam disso o tempo inteiro.”

Cena de Camila raspando o cabelo foi gravada para campanha

Carolina Dieckmann também contou que a cena em que tem o cabelo raspado foi gravada originalmente para uma campanha de incentivo à doação de medula óssea. “Ela já iria ao ar na campanha para doação de medula óssea, ela foi gravada em formato de comercial”, disse a atriz explicando que a sequência também foi exibida na novela.

De acordo com a atriz, o debate provido pela novela resultou em um aumento de 1400% de possíveis doadores.

“Eu ficava muito tocada com o texto, pela maneira como a doença se apresenta, uma anemia depois vem esse nome, leucemia. A Camila tinha mais ou menos a minha idade”, lembrou.

A artista também falou sobre sua preocupação com atuação. “Eu ficava muito tensa em passar verdade em tudo isso. O Maneco me tranquilizava muito falando: ‘Carol, a pessoa que recebe a notícia ela também não sabe [sobre leucemia], então tudo bem você não saber. Quando a gente recebe a notícia, você não estudou sobre a doença'”, disse a atriz se referindo às orientações do autor Manoel Carlos.

Comentários