Jornal Tribuna Ribeirão

RP abre vacinação de crianças

GOVERNO DE SÃO PAULO

A Secretaria Municipal da Saúde inicia nesta terça-feira, 18 de janeiro, a imunização de crianças de 5 a 11 anos com a primeira dose da vacina pedi­átrica da Pfizer/BioNTech. O lote inicial com 2.500 cargas do imunizante chegou ao 13º De­partamento Regional de Saúde (DRS XIII) nesta segunda-fei­ra (17). No início da tarde des­ta segunda-feira ainda haviam 1.700 cagas disponíveis.

A vacinação simbólica da primeira criança será às 8h30, na Unidade Básica de Saúde Hélio Lourenço de Oliveira, a UBS do Santa Cruz do José Ja­cques, na rua Triunfo nº 1.070, e contará com a presença do secretário titular da pasta, José Carlos Moura.

A Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, por meio do Plano Estadual de Imuniza­ção (PEI), enviou 7.200 doses para Ribeirão Preto e mais 25 municípios da região, sendo que a cidade-sede teve acesso a 34,7% do total da remessa. Mais 8.600 foram entregues para o DRS VIII, de Franca (6.600 doses), e para o DRS V, de Barretos (2.000).

Ribeirão Preto, segundo a Secretaria Municipal da Saúde, pretende vacinar 60 mil crianças desta faixa etária. Este número representa 8,33% da população da cidade, que até 31 de julho do ano passado era de 720.116 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatís­tica (IBGE). Por enquanto, são apenas 2.500 vagas.

Comorbidades
As primeiras vacinas des­tinadas a este público-alvo são para crianças com alguma das 21 comorbidades listadas pelo Plano Nacional de Imu­nizações (PNI), do Ministério da Saúde, ou com deficiência permanente. O agendamen­to para estas 2.500 crianças que serão imunizadas hoje foi aberto às 8h30 desta se­gunda-feira. Esta etapa deve prosseguir até 10 de fevereiro.

Depois, terá início a imuni­zação por faixa etária. A cam­panha será realizada em 36 das 38 Unidades Básicas de Saúde com salas para vacinação. Nos locais de vacinação, os pais ou responsáveis devem apresentar algum documento oficial com foto – Registro Geral (RG), por exemplo –, comprovante de residência, ficha Vacivi­da preenchida, número do protocolo do agendamento e atestado de comorbidade ou deficiência permanente.

Pode ser relatório médi­co, prescrição médica, receita médica, exames, cadastro no sistema Hygia ou comprovan­te de Benefício de Prestação Continuada (BPC). A crian­ça deverá comparecer à vaci­nação acompanhada de um adulto responsável ou levar o termo de consentimento livre e esclarecido assinado por um de seus representantes legais.

Agendamento
O documento está dispo­nível no site oficial da prefei­tura de Ribeirão Preto (www. ribeiraopreto.sp.gov.br/portal/ pdf/saude68202105.pdf). O agendamento também deve ser feito no portal oficial da prefeitura. Assim como já acontece com idosos, adul­tos e adolescentes, a pasta manteve o atendimento em domicílio para as crianças. As pessoas acamadas deste grupo podem receber o imu­nizante em sua própria casa, por meio do Serviço de Aten­ção Domiciliar (SAD).

Basta entrar em contato com a unidade de saúde mais próxima ou no próprio Ser­viço de Atenção Domiciliar, pelo telefone 3977-7111. O pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) é re­comendado para todos os pú­blicos incluídos no calendário de imunização. Também dá acesso ao site para impressão da ficha do Vacivida.

A relação de comorbidades
– Insuficiência cardíaca
– Cor-pulmonale e hipertensão pulmonar
– Síndromes coronarianas
– Valvopatias
– Miocardiopatias e pericardiopatias
– Doença da aorta, dos grandes vasos e fístulas arteriovenosas
– Arritmias cardíacas
– Cardiopatias congênitas
– Próteses valvares e dispositivos cardíacos implantados
– Talassemia
– Síndrome de Dow-
– Diabetes mellitus
– Pneumopatia crônicas graves
– Hipertensão arterial resistente e de artéria estágio 3
– Hipertensão estágios 1 e 2 com lesão e órgão alvo
– Doença cerebrovascular
– Imunossuprimidos (incluindo pacientes oncológicos)
– Anemia Falciforme
– Obesidade mórbida
– Cirrose hepática
– HIV

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
AllEscort