30.6 C
Ribeirão Preto
13 de agosto de 2022 | 16:30
Jornal Tribuna Ribeirão
Cidades & Construções

Nossa cidade: desenvolver ou crescer?

Iniciamos com duas perguntas: Ribeirão Preto vem se desenvolvendo bem? Qual a importância da Construção Civil nesse contexto e para a sociedade?

O segmento é protagonista do crescimento da cidade. É a locomotiva do desenvolvimento, físico e social, e grande propulsor de geração de emprego e renda.

Nos âmbitos local e nacional, nossa participação e importância para a retomada do crescimento econômico é fundamental, por isso não fugimos da responsabilidade desse protagonismo, impulsionando o desenvolvimento.

A construção Civil e o futuro das cidades – Redes Sociais

Utilizando conhecimentos técnicos e científicos, o setor vem participando ativamente das principais discussões de gestão pública, programas sociais e novas legislações.

Resultado dessa dinâmica participação, externamos que há anos o segmento vive muitas incertezas para o bem empreender e desenvolvimento das empresas que dependem dos serviços públicos locais.

Ribeirão Preto reúne importantes empresas da construção, com valiosos conhecimentos técnicos, experiências que muitas vezes não são considerados, pelos poderes públicos. Ao contrário: comumente empreendedores são rotulados de especuladores, uma conduta difundida no país, no qual produzir e dar emprego é especular.

Trabalhamos para o desenvolvimento. Assim, sentimo-nos no dever de apresentar os nossos valores e conhecimentos, participando ativamente das mais importantes discussões da gestão pública da cidade e tentando colaborar para o melhor desenvolvendo. Mas, existem muitas amaras que atrapalham o diálogo construtor.

Pontuamos que nossa cidade não tem manutenção adequada para desenvolver bem há anos, não é privilégio de um governo. Para desenvolver não basta crescer, é necessário ter infraestrutura. Mas que seja real e não utópica, ilusória e surreal, como algumas propostas que hoje vemos. Apontamos tudo isso há muito tempo.

Nosso poder público possui excelentes técnicos, mas há falta de comunicação e a estrutura física é um apanhado, muitas vezes feito parcialmente. As decisões e legislações são como ‘colchas de retalhos’. Sugestões recebem o mesmo tratamento (“vamos analisar”) e quase sempre mesma resposta (“não dá pra atender”).

A Assilcon foi criada para atender às demandas da cidade. O setor da construção civil, mesmo imerso num complexo contexto de leis que regem nossa atividade, sempre esteve e está pronto para dar suas colaborações técnicas, objetivando o melhor para a sociedade!

Mais notícias

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com